fbpx

Operação Mecanismo Verde: O “Planejamento Urbano” de Gean Loureiro

A Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou ontem a Operação Mecanismo Verde, que investiga casos de corrupção para viabilizar construções irregulares em Florianópolis. Segundo a delegada responsável pelo caso, o foco da investigação é um esquema onde empresários obtinham facilitação com agentes políticos e servidores da Prefeitura para a obtenção de alvarás e a não-fiscalização das obras.

Longe de ser um caso isolado, essa operação revela algo que já denunciamos há tempo: a forma com que o governo Gean realiza seu “planejamento urbano”. A vista grossa às construções irregulares (destacadamente os grandes empreendimentos) vai transformando o que ainda resta de área vegetal no município em área urbana. Posteriormente, esse crescimento permite à Prefeitura ampliar a arrecadação com IPTU, que cresceu 34% apenas nos últimos três anos. Assim, Gean financia seu “Asfaltaço”, de mão dadas com a especulação imobiliária e às custas do crescimento urbano desordenado e da degradação ambiental de Florianópolis.

Quanto à denúncia de corrupção, não há nada novo sob o sol. Ela não passa da forma com que os capitalistas fazem do Estado seu balcão de negócios. E nesse quesito, o governo Gean tem demonstrado toda sua subserviência, rasgando o plano diretor em prol dos interesses do capital imobiliário. Um planejamento urbano efetivamente alinhado com os interesses dos trabalhadores só pode ser viabilizado mediante a superação dessa lógica. Contra as relações espúrias do governo Gean, é tempo de revolução em Florianópolis!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias

Receba os
nossos conteúdos

[contact-form-7 id="488" title="Conteúdos"]

Contribua!